perforacion de la oreja

Tudo o que você precisa saber antes de furar as orelhas

Furar as orelhas é uma prática muito comum em nossa sociedade. Seja por razões culturais, estéticas ou pessoais, os piercings nas orelhas são parte integrante da nossa cultura moderna. No entanto, antes de mergulhar e furar as orelhas, é importante reservar um tempo para se informar sobre os diferentes tipos de piercing, as joias certas, os cuidados pós-piercing, bem como os riscos e possíveis complicações. Neste artigo, abordaremos esses diferentes pontos para fornecer todas as informações necessárias antes de furar as orelhas.

Os diferentes tipos de piercing na orelha

O piercing no lóbulo é provavelmente o tipo mais comum de piercing na orelha. É o primeiro piercing que a maioria das pessoas faz, geralmente durante a infância. O piercing no lóbulo é geralmente considerado o mais fácil de suportar em termos de dor e tempo de cicatrização.

No entanto, também existem outros tipos de piercing na orelha, como o piercing em hélice , o piercing no tragus , o piercing em torre , etc. Cada tipo de piercing tem suas próprias vantagens e desvantagens em termos de dor e tempo de cicatrização. Por exemplo, um piercing em hélice geralmente é mais doloroso e leva mais tempo para cicatrizar do que um piercing no lóbulo. É importante pensar no tipo de piercing que você deseja antes de fazê-lo.

piercings nas orelhas jóias da lua opala

Uma composição completa com belos piercings de opala

A joia certa para cada tipo de piercing

Depois de escolher o tipo de piercing que deseja, é importante escolher a joia certa. As joias devem ser adequadas ao tamanho e formato da sua orelha, bem como ao tipo de piercing que você escolheu. Os materiais comumente usados ​​para joias de piercing incluem aço cirúrgico, prata de lei, ouro e titânio. É importante escolher joias de alta qualidade para minimizar os riscos de alergias e infecções.

Cuidados após o piercing

Depois de perfurado, é importante cuidar do seu piercing para evitar infecções e complicações. Os cuidados pós-piercing incluem limpeza e desinfecção regulares do piercing, bem como proteção contra irritantes, como produtos de beleza e produtos químicos. É importante seguir cuidadosamente as instruções do seu perfurador e consultar um profissional se notar sinais de complicações.

piercings de orelha mulheres

Imagem de Tendência

Riscos e possíveis complicações

Apesar de todas as precauções que você pode tomar, sempre há riscos associados aos piercings nas orelhas. Riscos comuns incluem infecções, alergias a materiais de joalheria, cicatrizes hipertróficas, etc. É importante entender esses riscos e tomar medidas preventivas para minimizar possíveis complicações. Por exemplo, se você tem tendência a alergias, é importante escolher joias hipoalergênicas para evitar reações alérgicas. Se você é propenso a infecções, é importante tomar precauções extras para evitar a exposição a bactérias e germes.

Também é importante entender que piercings nas orelhas podem causar complicações a longo prazo. Por exemplo, um piercing mal colocado pode causar danos permanentes à cartilagem da orelha. Além disso, piercings nas orelhas podem levar a infecções recorrentes, que podem afetar a saúde da orelha a longo prazo.

Conclusão

Furar as orelhas pode parecer simples, mas envolve muitas decisões e responsabilidades. É importante pesquisar os diferentes tipos de piercing, escolher as joias adequadas, seguir os cuidados pós-piercing e entender os riscos e possíveis complicações. Se você está pensando em furar as orelhas, é importante falar com um profissional de piercing para ajudá-lo a tomar decisões informadas e orientá-lo durante todo o processo.

Em última análise, furar as orelhas pode ser uma decisão pessoal e gratificante, mas requer alguma preparação e conhecimento adequado para garantir uma experiência positiva e segura. Seguindo os conselhos apresentados neste artigo, você poderá tomar uma decisão informada sobre o tipo de piercing que deseja, bem como os cuidados a seguir para garantir uma cicatrização rápida e sem complicações.